CONFIRA O BLOG DE MERCADOS FINANCEIROS E DE CAPITAIS

CONFIRA O SITE INVESTIMENTO E NOTÍCIAS
 
 
 

Preste atenção

Para começar a cuidar do seu dinheiro é importante pensar em objetivos. Antes de escolher a melhor forma de investir sua grana, é preciso pensar bem:

- Para que estou poupando? O que eu quero comprar com esse dinheiro
- Quanto tempo terei que poupar para alcançar meu objetivo?
- Eu quero arriscar mais para que futuramente eu possa ter um maior retorno ou prefiro poupar meu dinheiro em alguma aplicação mais segura?

Por exemplo:

 

Mudando seus hábitos

Antes de começar a investir, faça as contas de tudo que gastou durante um mês. Isso vai ajudá-lo a separar o necessário para as despesas e o que poderá ser poupado. Separe um valor por mês e vá acumulando economias. Já no primeiro mês você poderá ter uma idéia de quanto conseguirá guardar mensalmente para atingir suas metas.
Controlar gastos também é muito importante. Por exemplo, se aparecer R$ 5 no bolso de alguma roupa que não usa há algum tempo, em vez de gastar esse dinheiro, você poderá guardá-lo. Se isso acontecer três vezes em um mês, você terá R$ 15 a mais para investir.
Poupando 35 centavos por dia, você terá R$ 125, sem juros, em um ano. Se poupar R$ 1, em vez de comprar um doce todo dia, você terá aproximadamente R$ 400, sem contar a chamada correção monetária do período que nada mais é do que descontar o efeito da inflação em um ano. Pequenas quantias podem se tornar grandes somas em um período não muito longo.

 

Dê onde vem o meu dinheiro?

Ganhar dinheiro é a parte mais difícil. Pense em como você vai começar a juntá-lo. Veja alguns exemplos de como pode conseguir isso:

- Da mesada
  Receber, todo mês, aquela graninha dos pais ou de parentes é muito bom. Mas essas quantias podem ser pequenas para poupar e gastar tudo que você quer. Porém, pense que pequenas quantias da sua mesada, podem se tornar grandes somas se começar a poupar logo. Por isso, comece agora a fazer suas contas!

- Presentes
  Em vez de ganhar roupas ou brinquedos no seu aniversário ou no Natal, você pode ganhar dinheiro. Diga que prefere assim, para poder guardar ou poupar quanto você quiser. Então, se ganhar algum dinheiro, não saia gastando e pense em seu objetivo.

- Trabalhar é bom...
  Começar a trabalhar pode ser uma forma divertida de começar a ter seu dinheiro. Você pode fazer pequenos serviços, que não atrapalhem seus estudos e assim aumentar seu dinheiro no final do mês. Fique atento, às lojas que em datas como Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia das Crianças, etc., que contratam jovens para reforçar o time de vendedores.

 

O primeiro emprego: uma procura que dá trabalho.

As estatísticas não animam: o nível de desemprego no País é muito grande e, para piorar, mais da metade dos jovens brasileiros estão desempregados. No Brasil, apenas 36% dos jovens, entre 15 e 24 anos, tem emprego, de acordo com uma pesquisa da Fundação Perseu Abramo. Normalmente, os jovens demoram 15 meses para conseguir o primeiro emprego ou uma nova ocupação.

Mas, a realidade para os jovens empregados, se mostra mais satisfatória. A remuneração mensal é fator de satisfação para 17% dos novos trabalhadores, mesmo que a maior parte (27%) ganhe entre 1 e 2 salários mínimos (entre R$ 200,00/300,00) e apenas 19% tenham rendimento acima de 3 salários mínimos (aproximadamente R$ 600,00). A maioria (57%) ajudam no orçamento familiar e somente 30% ganham só para si.



É isso aí! É difícil para o jovem entrar no mercado de trabalho e, ainda mais, conseguir uma grana para fazer um investimento. Se você já está ligado em tudo isso e está de olho no seu futuro, comece a investir no seu sucesso profissional e futuro.